Menu

Banner Zeos Travelling

TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com

Vale-transporte em Divinópolis sobe para R$ 4,05

  • Escrito por G37

ônibus da Trancid em Divinópolis

O vale-transporte terá um reajuste de R$ 0,15. De acordo com as primeiras informações, a famosa “passaginha” irá para R$ 4,05 para pagamento em dinheiro e R$ 3,60 para quem pagar no cartão Divpass. O decreto regulamentando o aumento será publicado amanhã no Diário Oficial dos Municípios Mineiros.

Chuvas em Divinópolis faz rio Itapecerica ficar 50 cm acima do eixo

  • Escrito por Jornal Agora

Rio Itapecerica em Divinópolis

O grande volume de chuvas que caiu na região Centro-Oeste nesta semana já causou alguns estragos em algumas cidades. Oliveira, a cerca de 72 km de Divinópolis é um exemplo. Por lá, a prefeita Cristine Lasmar (PMDB) decretou Estado de Calamidade Pública. Várias pessoas ficaram sem casa. De acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), só na quinta-feira, 4, choveu 10% do esperado para todo o ano passado.

Outras cidades como em Itapecerica, a chuva tem enchido o rio Itapecerica. Água que deve escoar e chegar ao município.

PANCADAS

Pacotes de viagem em PromoçãoAo longo do dia deste sábado, haverá risco de pancadas de chuva localizada, e por vezes forte, especialmente no Oeste e Sul de Minas Gerais, áreas onde deve-se redobrar cuidados por gerar possíveis transtornos à população, como alagamentos ou elevação dos níveis de rios. As temperaturas diurnas estarão em gradativa elevação, principalmente no Centro e Leste mineiro, onde faz calor em torno de 36ºC em algumas.

De acordo com o meteorologista Luís Ladeia as condições meteorológicas são favoráveis à ocorrência de chuvas intensas de 20 a 30mm/h ou até 50 mm/dia em áreas isoladas.

— Estamos em estado de alerta. Com as chuvas o rio Itapecerica está 50 cm acima do eixo normal, por isso, estamos monitorando. Realizamos uma reunião com o Corpo de Bombeiros e pela previsão que fizemos deve estar previsto mais chuvas para a Divinópolis. Ontem choveu 19 milímetros e hoje deve chover aproximadamente este valor também — comentou.

Para trabalhar nas ocorrências, a Defesa Civil está colocando 11 funcionários de plantão, devido ao estado de alerta. Divinópolis ainda não registrou nenhum deslizamento grave, apenas ocorrências de correnteza.

Prefeito de Divinópolis explica revisão da planta de valores no São José

  • Escrito por G37

galileu machado explica revisao da planta de valores de iptu em divinopolis

O Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, e sua equipe técnica da Secretaria da Fazenda, participaram na noite desta segunda-feira (04/12), de uma audiência pública no bairro São José promovida pela Câmara de Divinópolis. Foram explicados detalhes do projeto enviado aos vereadores sobre a revisão de planta de valores da cidade.

O diretor de Arrecadação e Tributos da Prefeitura de Divinópolis, Fernando Silva, destacou a importância da audiência para esclarecer o projeto. “É uma iniciativa de muito valor ter a oportunidade de explicar. Aqui podemos explicar para a população e falar que não haverá aumento do IPTU e sim uma correção de valores”, destacou Fernando.

A secretária da Fazenda, Suzana Xavier, lembrou que o projeto enviado aos vereadores foi levado em conta o princípio constitucional da capacidade contributiva. “Serão atribuídas menores alíquotas de IPTU para imóveis de menor valor e maiores alíquotas para imóveis de maior valor”, disse.

Pacotes de viagem baratos

O procurador do município, Wendel de Oliveira, lembrou sobre improbidade administrativa. “Se o prefeito não atualizar a planta de valores, corre risco de ser enquadrado em improbidade administrativa. Já são 24 anos que não faz a revisão”, disse.

O Prefeito de Divinópolis destacou o empenho da equipe para elaborar a proposta. “Nossa equipe técnica veio para esclarecer as dúvidas. O projeto será importante para a cidade e onde nos solicitar vamos para explicar”, afirmou.

O Presidente da Comissão de Administração, vereador Edson Sousa, que conduziu os trabalhos falou da responsabilidade dos parlamentares. “Vamos votar esse projeto com responsabilidade e a população pode ter certeza disso”, afirmou.

PROJETO

O Projeto de Lei foi encaminhado aos vereadores constando que os imóveis prediais (residenciais, comerciais, industriais, salas, galpões ) até o valor de R$ 250 mil terão alíquota de 0,3%. Ou seja, o imóvel mais caro nessa faixa de valor pagaria R$ 750 de IPTU por ano (podendo parcelar em até 10 x de R$ 75). "Nessa faixa há concentração de 80% dos imóveis prediais de Divinópolis", afirmou Fernando.

Acima de R$ 250 mil até R$ 1 milhão a alíquota será de 0,5% abrangendo 12 mil imóveis. Superior a R$ 1 milhão a alíquota será de 0,6% e será apenas para 1.166 imóveis. Já os lotes de até R$250 mil a alíquota será de 0,7% e tem mais de 50 mil lotes até esse valor. A acima de R$ 250 mil a alíquota de IPTU será de 0,9%, ou seja tem 2 mil lotes nessa faixa. As alíquotas praticadas atualmente são: predial: 1%, territorial 3% e 4%. Atualmente, dos 158 mil imóveis lançados em Divinópolis, 125.495 pagam menos de R$ 500 de IPTU por ano. Mais de 95 mil imóveis pagam menos de R$ 150 de IPTU por ano. Já 26.263 imóveis pagam menos que a cota básica, que teve o valor de R$17,96 para 2017.

Manifestantes protestam contra reforma previdenciária em Divinópolis

  • Escrito por G1

mobilizacao em divinopolisManifestantes se reuniram na tarde desta terça-feira (5) no quarteirão fechado da Rua São Paulo em Divinópolis para protestar contra a Proposta de Emenda Constritucional (PEC) da reforma previdenciária. De acordo com a organização, cerca de 20 pessoas participaram do manifesto, mobilizado por centrais sindicais e movimentos populares. A Polícia Militar (PM) não informou o número de participantes.

Além da manifestação, o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais (Sintrae-MG) informou que cerca de 50 servidores da Justiça do Trabalho paralisaram as atividades em apoio ao movimento, registrado em outras partes do país.

Promoção de viagens nacionais e internacionaisA coordenadora do Sintrae-MG, Elimara Gaia, disse que o movimento quer mobilizar a população para que considera um prejuízo para os trabalhadores.

MUDANÇAS NA APOSENTADORIA

A proposta de reforma da Previdência enviada pelo Governo Federal ao Congresso em dezembro de 2016 foi aprovada pela comissão especial da Câmara em maio deste ano. Desde então, não avançou por falta de consenso entre os parlamentares.

Diante disso, o governo articulou uma versão enxuta da reforma. O objetivo é conseguir apoio dos deputados para aprovar a proposta ainda em 2017. Por se tratar de emenda à Constituição, o texto exige os votos de ao menos 308 dos 513 deputados.

Nesta terça, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que "cresceu muito a probabilidade" de o governo aprovar a reforma na Câmara. Segundo o ministro, é possível concluir a votação da proposta em dois turnos ainda em dezembro.

MOBILIZAÇÃO

Em Divinópolis, o protesto contra a reforma durou cerca de 2h30 e terminou por volta das 18h. Participaram da mobilização representantes de 12 sindicatos de Divinópolis e região. Concentrados na Rua São Paulo, os trabalhadores distribuíram panfletos sobre os pontos considerados negativos na reforça.

Condutor atinge motociclista e foge em Divinópolis

  • Escrito por G1

acidente jardinopolis em divinopolisUma motociclista, que não teve a idade divulgada ainda, ficou gravemente ferida ao ser atingida por um carro no Bairro Floresta, em Divinópolis, no fim da manhã desta terça-feira (21). Segundo as primeiras informações da Polícia Militar (PM), o motorista do veículo fugiu sem prestar socorro, mas acabou sendo localizado pouco depois.

Testemunhas contaram à polícia que o motorista estava em alta velocidade, não conseguiu fazer uma curva, invadiu a contramão e atingiu a motociclista. Logo em seguida, ele abandonou o automóvel e fugiu por uma mata próxima ao local.

O Corpo de Bombeiros socorreu a vítima e, segundo a corporação, ela apresentava politraumatismo e parada cardiorrespiratória. A motociclista foi levada para a Sala Vermelha do Hospital São João de Deus (HSJD). O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação do hospital para saber o estado de saúde da vítima e aguarda retorno.

Após o acidente, a Polícia Militar fez rastreamento na mata e localizou o condutor. Há a possibilidade de que ele dirigia embriagado. O motorista foi levado para a delegacia, onde deve fazer o teste do bafômetro.

A ocorrência ainda está em andamento.

468x60 Menina Aviadora

CPI da Copasa investigará denúncias contra o ex-prefeito de Divinópolis Vladimir Azevedo

  • Escrito por G37

copasa divinopolisA Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal, que investiga o cumprimento das responsabilidades legais da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) com o Município de Divinópolis na execução dos serviços que lhe foram concedidos para o abastecimento de água e esgotamento sanitário, seus termos aditivos, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público, investigará várias denúncias recebidas contra o ex-prefeito da cidade, Vladimir Azevedo (PSDB).

A Comissão irá investigar a denúncia de que o ex-prefeito tinha o poder até mesmo de promover funcionários dentro da Companhia. Nossa reportagem teve acesso com exclusividade a e-mails trocados com Vladimir e dois diretores da estatal. Em um deles, o ex-prefeito pede a promoção de cargo de um funcionário da Copasa. No dia 21 de fevereiro de 2014, às 8h13, o servidor da Companhia, C.P.G, enviou um e-mail a Vladimir dizendo que, conforme contato telefônico, estava encaminhando as suas referências. No correio eletrônico, o funcionário da empresa informa o seu número pessoal, nome completo e o cargo ocupado na Copasa Sistema Divinópolis de Encarregado de Atendimento Comercial. O servidor diz ainda estar pleiteando o cargo de Encarregado Administrativo Distrital, faixas salariais 11 e 12, e informa ainda o funcionário que ocupava o cargo na época, J.M.S.

No e-mail, o servidor explica ainda ao ex-prefeito quais eram as exigências para ocupar o cargo preterido e detalha a sua formação escolar. Logo em seguida, o servidor informa o número do seu celular para que Vladimir pudesse entrar em contato em caso de dúvidas. Na sequência de e-mails, o ex-prefeito, por meio do endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., envia a solicitação de promoção a Maurício Pereira. Vladimir usa o “promova C.” como assunto do e-mail e pede. “Prezado Maurício, conforme conversado, envio o pleito de promoção do funcionário C para análise especial. Desde já agradeço e aguardo retorno. Abraço amigo, Vladimir”.

FAMÍLIA

Frases 03Na segunda denúncia, Vladimir interfere a favor da ex-cunhada Gisele Marra, proprietária da Uniformizar, em uma licitação. No dia 19 de maio de 2014, Giselle enviou um e-mail ao ex-prefeito, às 13h12, com cópia para a ex-mulher de Vladimir, Janaína Marra. No correio eletrônico, a dona da Uniformizar diz a Vladimir que, conforme haviam conversado por telefone, seguiam os dados das mercadorias entregues. A ex-cunhada de Vladimir informou o CNPJ da sua empresa, o número da licitação – SAPL Nº 05.2014/3028 PEM – o número do processo – 0520143028, além dos números das Notas Fiscais emitidas nos dias 5 e 12 de maio de 2014, e os números das ordens de fornecimento. No e-mail, Gisele relata que recebeu um relatório de Não Conformidade no dia 16 de maio de 2014, alegando que as medidas das peças entregues não condiziam com o exigido no edital.

A dona da Uniformizar conta ainda que a gerente, Priscilla Sousa, foi atendida por Carlos Celso Rodrigues Gouvêa, por telefone, e quando esta perguntou qual a providência deveria ser tomada para que as peças fossem aceitas, “recebeu a resposta abaixo em tom de ironia ‘envie o e-mail contestando o relatório, vou ver, se eu aceitar bem e se eu não aceitar amém’”. No correio eletrônico enviado ao ex-prefeito, Gisele enviou em anexo um e-mail encaminhado para o funcionário da Copasa contestando a rejeição das peças. Em resposta ao protesto da dona da Uniformizar, o funcionário da Companhia respondeu. “As não conformidades encontradas nos uniformes já contemplam as tolerâncias concedidas”.

A ex-cunhada de Vladimir termina o e-mail dizendo “certa de sua atenção, aguardo retorno. Um forte abraço e uma excelente semana. Obrigada”. O ex-prefeito encaminha toda a conversa de Gisele a Ricardo Simões, com o assunto “Uniformizar”, e o seguinte texto. “Conforme conversado, vai e-mail... Abco”.

POSICIONAMENTOS

De acordo com Felipe Fernandes, assessor do presidente da CPI, vereador Sargento Elton (PEN), a Comissão recebeu várias denúncias envolvendo o ex-prefeito Vladimir Azevedo e todas as acusações serão apuradas. Ainda segundo Felipe, o ex-prefeito será ouvido em dezembro pela CPI, porém a data que Vladimir irá prestar o seu depoimento ainda não está definida.

Nossa reportagem entrou em contato com Vladimir, que disse desconhecer as denúncias feitas e afirmou que a sua relação com a Copasa seria estritamente de assuntos que envolviam o Município.

Em nota, a Copasa informou que o empregado, que havia solicitado a promoção do cargo, ocupa a mesma função, de Encarregado de Atendimento Comercial, desde 01 de maio de 2009. Sobre a contratação de uniformes, a empresa explicou que o processo é feito por meio de pregão eletrônico, com ampla divulgação e ampla concorrência, seguindo os trâmites legais. “A Copasa afirma total isenção em relação às suas contratações”. A Companhia garantiu ainda que a relação da empresa com o ex-prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, se deu no âmbito institucional. “Uma vez que ele era o Chefe do Executivo e representante do Poder Concedente”.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS