Menu
Adolescente é suspeito de furtar R$ 12 mil do próprio avô em Divinópolis

Adolescente é suspeito de furtar R$…

A Polícia Civil (PC) investiga ...

Resultado do Enem 2017 será divulgado na manhã desta quinta

Resultado do Enem 2017 será divulga…

Os candidatos que fizeram a ediç...

Wesley Safadão e mais quatro atrações se apresentam em Divinópolis

Wesley Safadão e mais quatro atraçõ…

Vem ai mais uma parceria organizada po...

Dois homens são presos por comprar drogas em Divinópolis para revender em Marilândia

Dois homens são presos por comprar …

A Polícia Militar foi acionada ...

O caso da passagem aérea falsa da blogueira Gabriela Pugliesi

O caso da passagem aérea falsa da b…

Um dos assuntos mais comentado nas red...

Vale-transporte em Divinópolis sobe para R$ 4,05

Vale-transporte em Divinópolis sobe…

O vale-transporte terá um reaju...

Uma mulher, dois homens: casal conta como o swing mudou suas vidas

Uma mulher, dois homens: casal cont…

Sarah, 35, e Mauro, 45, são cas...

Trio rouba caminhão com carga avaliada em R$ 200 mil em Divinópolis

Trio rouba caminhão com carga avali…

  Três pessoas foram presas ...

Homem é preso com tabletes de maconha em Divinópolis

Homem é preso com tabletes de macon…

Foi preso na madrugada desse sá...

Vestibular da UEMG será amanhã

Vestibular da UEMG será amanhã

Será realizado neste domingo, 7...

Prev Next
TwitterFacebookPinterestGoogle+

Banner Zeos Travelling

MG 050 em DivinopolisDepois que o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), disse nesta segunda-feira (14) que abriria as cancelas de pedágio da MG-050 caso as obras na rodovia não fossem retomadas nesta semana, a concessionária do trecho, AB Nascentes das Gerais, revidou a crítica e culpou o governo pelo atraso. Em nota enviada à imprensa, a empresa disse que o andamento dos trabalhos no local depende de aprovação dos projetos executivos e obtenção de licenças junto aos órgãos estadual e federal.

O pronunciamento de Pimentel aconteceu durante o Fórum Regional realizado em Passos, no Sul de Minas. Na ocasião, o governador chamou de teimosa a concessionária responsável pela MG-050, que corta cidades do Centro-Oeste Mineiro, como Divinópolis, mas começa em Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e segue até São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas.

Por meio da assessoria de imprensa, a empresa respondeu à intimação verbal e culpou os governos estadual e federal pelo atraso na execução das obras. O novo cronograma de obras da MG-050, pactuado por meio do sétimo Termo Aditivo ao Contrato (TA7) entre a AB Nascentes das Gerais e a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (SETOP), foi iniciado no dia 9 de maio deste ano.

LEIA TAMBÉM: MG-050 já recebeu R$ 90 milhões de investimentos

O G1 tentou nesta terça-feira (15) contato com o Governo de Minas para tratar da crítica feita pela concessionária da MG-050, mas não obteve retorno até esta publicação.

Promoção de viagemAinda segundo a assessoria da Nascente das Gerais, em 31 de julho de 2017, a concessionária obteve autorização para início dos trabalhos de prospecção arqueológica, emitida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) de Brasília após 10 meses de solicitação. No entanto, a emissão definitiva da Licença Ambiental de Instalação pela Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram), órgão vinculado à Secretaria do Meio Ambiente de Minas Gerais, continua pendente.

A empresa informou ter formalizado um requerimento na Supram de Divinópolis em 23 de novembro de 2016. Por regulamentação, o órgão teria prazo de 365 dias para se manifestar sobre o pedido. A concessionária disse que depende da emissão de todas as licenças definitivas emitidas para dar segmentos às obras na rodovia.

O G1 entrou em contato com a Supram/Divinópolis, mas a atendente informou que nenhum responsável estava no local para falar sobre o assunto.

RETOMADA PARCIAL DAS OBRAS

Conforme a concessionária, com o objetivo de viabilizar o início das obras, foi solicitado à Supram uma licença provisória que permitisse a instalação do canteiro de obras e o início dos serviços preliminares, o que foi concedido na quarta-feira (9) com restrição em áreas de preservação permanente.

Com essa autorização, a empresa começou a mobilizar nesta segunda-feira funcionários e equipamentos para a construção da nova ponte sobre o Rio Pará, em Divinópolis, e implantação da trincheira no entroncamento da MG-050 com a Avenida Arlindo Figueiredo e duplicação entre os quilômetros 357,2 e 358,1, em Passos. Em Capitólio, essa mobilização se deve ser iniciada até o final desta semana para a implantação de terceira faixa do km 296,7 ao km 298,8 e melhoria de traçado entre os quilômetros 297,15 e 298,2.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS