Banner Zeos Travelling

Home Cidade Artesã e comerciante dão exemplo de sustentabilidade em Divinópolis
Artesã e comerciante dão exemplo de sustentabilidade em Divinópolis
Escrito por G1   
Sex, 06 de Julho de 2012 14:00

Caixas de coador de papelReutilização e reciclagem são exemplos que demonstram preocupação em preservar o meio ambiente. E em Divinópolis, no Centro-Oeste, esses exemplos sairam direto da cozinha.

Café passado na hora é irresistível e na casa da artesã Edna Maria de Oliveira nada é desperdiçado. O coador de papel que iria para o lixo tem outro destino. "Eu uso o coador para fazer uma caixinha e para isso vou deixar secar com o pó porque preciso dele com a tonalidade forte. Por isso ela vai para o sol", disse.

Segundo a artesã, depois que estiver no sol é só esperar o papel secar por aproximadamente três horas. Depois de seco é preciso tirar o excesso do pó e então o coador de papel se transforma em matéria-prima utilizada na confecção de caixinhas que imitam o couro. Depois do papel colado, a caixinha seca em meia hora. Em seguida ocorre o processo de acabamento da peça. "É simples, depois é só envernizar", disse Edna.

O resultado do trabalho são porta-joias, baús, caixas decorativas. Algumas peças são utilizadas até na decoração de casa. "Eu faço além das caixinhas, decoração para parede e decoração em garrafas. É uma forma de reciclagem", contou.

Outra iniciativa sustentável tem feito a diferença no Mercado Municipal. Na sapataria do comerciante José Dutra, o óleo usado na cozinha é transformado por ele em sabão. A ideia surgiu depois de uma constatação. "Um dia eu estava observando o rio e vi peixes pulando, depois uma mancha de óleo desceu rio abaixo e eles não pularam mais, então pensei que deveria fazer alguma coisa. Como já fazia sabão em casa, comecei a pedir para meus clientes para trazerem óleo de casa e em troca eu dou o sabão que é produzido", disse.

Em um dos restaurantes no Mercado Municipal o comerciante chega a trocar cerca de 25 litros de óleo por mês. “É importante reciclar, temos que pensar nos nossos netos e bisnetos. O que fazemos é pouco, mas se cada um fizer sua parte vai ficar legal", disse o comerciante Marcelo Gontijo.

Todo óleo que entra é bem vindo e no quintal de casa, com a ajuda da mulher, José usa tudo para produzir o sabão. São cerca de 24 kg por semana. "É muito recompensador. Me dá prazer em ver o óleo sendo transformado em sabão e não indo para o meio ambiente", disse o sapateiro.

Informação | G1

Banner Zeos Travelling

 

Adicionar comentário

Você pode postar qualquer comentário nesta página, mas lembre-se: VOCÊ é o(a) único(a) responsável pelo que postar e seu IP será monitorado pelo nosso servidor.



Evite comentários grosseiros e termos chulos.


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se no DiviCity.com

Cadastrando no DiviCity.com você recebe as principais notícias da cidade, recebe as melhores ofertas e participa de promoções exclusivas.

Cadastre-se agora mesmo!

E-mail*
 

Cadernos Especiais

Page Rank Check

 

Todos
Divinópolis