Unir Consultoria Imobiliária
Home Minas Gerais Economia e Desenvolvimento Divinópolis poderá voltar a ter trem de passageiros
Divinópolis poderá voltar a ter trem de passageiros
Escrito por O Tempo   
Seg, 18 de Junho de 2012 11:00

Os moradores das regiões metropolitana de Belo Horizonte e Central de Minas Gerais devem voltar a usar os trens como transporte público. A novidade se deve a um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para reativação de linhas férreas no transporte de passageiros, publicado pelo governo do Estado ontem, no "Diário Oficial Minas Gerais". O intuito é fazer a obra por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP).

As empresas têm prazo de até um mês, a partir da publicação da PMI, para manifestar interesse no projeto e fazer um estudo da viabilidade e custos. O edital para as obras está dividido em três lotes: o primeiro corresponde à reativação da linha ferroviária entre Sete Lagoas e Divinópolis, o segundo, entre a capital e Brumadinho, e o terceiro, entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete, com um ramal até Ouro Preto. "As ferrovias do Estado têm vários trechos abandonados há anos, que serão ótimas alternativas para a mobilidade urbana da cidade, já que nós sabemos que é grande a demanda de passageiros das regiões metropolitana e Central de Minas para a capital", disse o secretário de Estado de Gestão Metropolitana, Alexandre Silveira.

publicidade

A malha ferroviária pertence ao governo federal, que segundo Silveira, já autorizou o uso dos trilhos para o transporte de passageiros de 21 cidades. A intenção do Estado é reaproveitar as linhas já existentes e criar novas, onde for necessário. Nas linhas por onde passa transporte de carga, o intuito é conciliar com o de passageiros. Segundo Silveira, o número e os locais das estações ainda não estão definidos e vão depender do estudo das empresas, que devem ficar prontos até 2013.

A previsão é que a licitação para as obras seja aberta até 2014. O investimento ainda não está definido, mas deve ficar na casa dos bilhões. "Nós queremos que seja um transporte de qualidade, que traga conforto aos usuários", disse Silveira.

A intenção é que os trens se integrem a estações de metrô, como as do Eldorado, Calafate, Gameleira, Carlos Prates, Horto e Barreiro. "Com isso, fica mais fácil os usuários chegarem também à região central de Belo Horizonte", acredita Silveira.

Especialista. Para o professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em tráfego urbano Davi Magalhães, a alternativa pode contribuir para solucionar os problemas no tráfego do Estado. "A região metropolitana já está muito sobrecarregada, e o transporte sobre trilhos pode ser mesmo uma ótima solução", disse Magalhães. Demanda

Desconhecida

O Estado ainda vai iniciar, nos próximos dias, um estudo da demanda de passageiros das regiões metropolitana e Central de Minas para a capital. O resultado vai ficar pronto dentro de quatro meses.

Informação | O Tempo

 

Comentários 

 
+1 #1 Rômulo de Sousa Bati 12-07-2012 14:53
Muito bom, vou torcer pra dar certo, que se cumpra.
Citar
 

Adicionar comentário

Você pode postar qualquer comentário nesta página, mas lembre-se: VOCÊ é o(a) único(a) responsável pelo que postar e seu IP será monitorado pelo nosso servidor.



Evite comentários grosseiros e termos chulos.


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se no DiviCity.com

Cadastrando no DiviCity.com você recebe as principais notícias da cidade, recebe as melhores ofertas e participa de promoções exclusivas.

Cadastre-se agora mesmo!

E-mail*
 

Cadernos Especiais

Page Rank Check

 

Todos