Banner Zeos Travelling

Home Minas Gerais Turismo Turistas cariocas invadem o carnaval de cidades históricas de Minas
Turistas cariocas invadem o carnaval de cidades históricas de Minas
Escrito por Viajar, Sempre!   
Seg, 07 de Março de 2011 19:30
Janela Erótica no Carnval de Ouro PretoOuro Preto, na região Central de Minas, foi invadida por turistas cariocas. Com muita marra, eles são maioria entre os ‘forasteiros’ e ocupam lugar de destaque na preferência das foliãs. Mas seja de perto ou de longe, o importante é que as ladeiras da cidade estão tomadas por muita beleza.

Os amigos Igor Senna, 21, e Leonardo Anderson da Silva, 21, vieram do Rio e, pela primeira vez na cidade, estão aproveitando o que chamam de ‘liberalidade mineira’. "Acho as mineiras mais liberais que as cariocas. Aqui tem muito mais gente se beijando e se abraçando. E elas curtem mais a gente mesmo. Os cariocas arrasam", disse Igor.

Para Leonardo, as foliãs mineiras são ‘acolhedoras’. "O melhor até agora é a organização, tudo na paz, sem confusão e, claro, as mineiras acolhem muito bem e a gente aproveita mais", afirma Silva. Para o fluminense Ricardo dos Santos, 23, o Carnaval de Ouro Preto é único. "No Rio não temos esse tipo de diversão popular. Lá é quase tudo pago. Estou gostando muito, não me arrependo de ter trocado o Rio por aqui", afirmou.

De Belo Horizonte, Gabriela Sena, 26, aprovou os ‘forasteiros’. "Os cariocas são bem mais fortes e têm um jeito envolvente", disse a mineira.

Come quieto. Com fama de que comem quieto, os mineiros correm por fora na hora da conquista. E, com um jeitinho que só eles têm, driblam a hegemonia carioca. É o que têm feito os amigos belo-horizontinos Lucas Ferreira, 23, Rafael Coelho, 21, e Matheus de Oliveira, 20.
"Não tem para esses cariocas marrentos. A diferença é que os mineiros comem quieto, não saem por aí contando quantas pegaram no dia. Mas estamos bem próximo deles na disputa pelas gatinhas do Carnaval", assegurou Lucas.

Bandalheira
Um dos blocos mais tradicionais de Ouro Preto, o Bandalheira Folclórica Ouro-Pretana (Bafo), arrastou 200 foliões. Em 2011, o grupo comemora 39 anos de animação e irreverência. Ele foi criado para satirizar os tempos da ditadura militar, e, para lembrar os absurdos do período, os foliões marcharam em ritmo acelerado pelas ruas, vestidos de calça preta e blusa branca, com um penico na cabeça e um rolo de papel higiênico na cintura. Além da Bandalheira, a festa nas ladeiras teve o colorido dos blocos Zé Pereira dos Lacaios e Zé Pereira Mirim, Pirata e Mamãe Já Sabia.

Mariana
"Hoje tem marmelada? Tem sim senhor!". Calma! Isso é Carnaval. E em Mariana, na região Central de Minas. As noites de folia estão sendo abrilhantadas pela turma do Circovolante. Quando o dia cai, os palhaços espalham alegria pelo centro histórico. No repertório, músicas regionais que encantam e divertem o público. Como a capixaba Roseane de Castro, 32. "É lindo ver a interação entre os palhaços com toda essa gente. Carnaval é isso. Até os palhaços caem no samba", brincou a turista.

Sensual
Depois de uma década vetada por apelos moralistas, a Janela Erótica voltou ontem ao centro histórico de Ouro Preto para alegrar os foliões da cidade. Durante o show, um pano cobre a janela enquanto uma mulher dança mostrando apenas a silhueta. A atração continua até a quarta-feira, esbanjando sensualidade.

Informação do Viajar, Sempre!

 

Adicionar comentário

Você pode postar qualquer comentário nesta página, mas lembre-se: VOCÊ é o(a) único(a) responsável pelo que postar e seu IP será monitorado pelo nosso servidor.



Evite comentários grosseiros e termos chulos.


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se no DiviCity.com

Cadastrando no DiviCity.com você recebe as principais notícias da cidade, recebe as melhores ofertas e participa de promoções exclusivas.

Cadastre-se agora mesmo!

E-mail*
 

 

Todos