Unir Consultoria Imobiliária
Home Saúde Médico e pacientes denunciam situação de PS em Divinópolis
Médico e pacientes denunciam situação de PS em Divinópolis
Escrito por G1   
Qui, 14 de Junho de 2012 13:00

O delegado do Conselho Regional de Medicina (CRM), que é plantonista no Pronto Socorro Regional de Divinópolis, no Centro-Oeste do estado, além de pacientes, denunciam superlotação e demora no atendimento no Pronto Socorro Regional. Mas a Secretaria de Saúde informou que há projetos de melhorias e que a situação é temporária.

Segundo delegado do CRM, Antônio Gigante Quadros, o caos está instituído. "Para se ter uma ideia, só no setor de observação, onde as pessoas deveriam passar algumas horas, existem 31 doentes internados, sendo que 13 deles estão no corredor em macas de metal sem colchão e três estão em cadeiras de metal passando noites e madrugadas sentados”, disse o médico e delegado do CRM.

Enquanto isso, do lado de fora da unidade de saúde pacientes ficam em macas e são atendidos por enfermeiras na recepção do hospital, que recebe pacientes de toda a região. Além da falta de estrutura, faltam profissionais. “Estamos reclamando da falta de médicos há muito tempo, fora a escala de plantão que é reduzida”,disse Antônio Gigante. Ele alertou, também, que este problema se agrava a cada dia. “É preciso que a Secretaria de Saúde tome uma providência porque se não pessoas vão morrer em decorrência dessa situação”, disse.

publicidade

A secretária de Saúde, Cherrie Mourão, informou que há projetos de melhorias nos Pronto Atendimentos, além de um hospital que está sendo construído na cidade.“Nós estamos sim com planejamento para melhorar essa situação. Nós temos uma outra Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas que é a UPA Sudeste. Ela deve ser entregue no próximo dia 24 de julho. Já estamos comprando equipamentos e isso vai aliviar o que estamos vivenciando aqui no Pronto Socorro. Paralelamente, mais à longo prazo, vamos ter o hospital, com leitos para as pessoas ficarem internadas, para não ocuparem o espaço das UPAs que são lugares de passagem. De lá o paciente ou vai para casa ou vai para o hospital", explicou a secretária.

Sobre o fato de pacientes continuarem nos corredores até estas melhorias serem feitas, a secretária de Saúde disse que é uma questão de momento.“Isso é uma questão de momento. E em alguns momentos fica difícil, mas vários pacientes estão sendo reavaliados pelos médicos. Eles estão tomando soro, mesmo os pacientes que estão nas macas já foram medicados e atendidos. Então eles estão tendo a assistência que é possível que o sistema ofereça", finalizou.

Informação | G1

 

Adicionar comentário

Você pode postar qualquer comentário nesta página, mas lembre-se: VOCÊ é o(a) único(a) responsável pelo que postar e seu IP será monitorado pelo nosso servidor.



Evite comentários grosseiros e termos chulos.


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se no DiviCity.com

Cadastrando no DiviCity.com você recebe as principais notícias da cidade, recebe as melhores ofertas e participa de promoções exclusivas.

Cadastre-se agora mesmo!

E-mail*
 

Page Rank Check

 

Todos
Divinópolis